quarta-feira, 17 de julho de 2013

Leitora Beta - "O Anjo do Diabo" By Carina Rosa [Opinião]

Fiquei a conhecer a autora Carina Rosa no Goodreads, e tive a sorte de ela me convidar para ler o seu novo livro.
Antes da minha opinião sobre o livro "Anjo do Diabo", ficamos a conhecer um pouco mais a autora e o seu trabalho.
A autora: 

"Carina Rosa nasceu em Lisboa no dia 10 de Abril de 1986, mas desde sempre que vive no Algarve, na cidade de Loulé. As suas competências ao nível da escrita revelaram-se desde cedo, ainda no primeiro ciclo. E como forma de complementar as várias vertentes deste Mundo ligado à arte, dedicou grande parte da sua vida à Ginástica Acrobática, pelo Louletano Desportos Clube. Aos 18 anos, chegou a integrar a Seleção Nacional de Trampolins e Desportos Acrobáticos, participando em várias competições internacionais, nomeadamente no Campeonato do Mundo, da Europa, e Taça do Mundo. Mas a paixão pela escrita acabou por levar a melhor em termos profissionais. Licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade do Algarve e desde 2008 que se dedica ao jornalismo de imprensa. Depois de uma passagem pelo Jornal Carteia, em Quarteira, onde trabalhou durante um ano, é agora jornalista a tempo inteiro no semanário O ALGARVE, o jornal mais antigo da região e o terceiro mais antigo do País. Escrever um livro era um sonho que começa agora a tomar forma. «O Intruso» é o seu primeiro romance."

Obras:


Edição: 2012

Páginas: 190

Editora:

Sara é uma mulher deprimida e atormentada por um passado trágico. A casa que outrora pensara ser um refúgio contra as lembranças de uma vida que desejava esquecer, é agora um antro de sombras que a perseguem.

O reencontro com Martim, um rosto que lhe é de alguma forma familiar, de um passado longínquo, provoca-lhe uma avalanche de sentimentos que poderão mudar a sua vida para sempre. Mas o passado nunca poderá ser apagado e Sara vê-se obrigada a tomar decisões que podem fazer a derradeira diferença ente a vida e a morte.
Poderá Martim salvá-la de uma realidade que foge ao seu alcance? Ou poderá afundá-la ainda mais naquele poço sem fundo, em que não há saída possível, senão a morte?

--------&-------


Edição: Para breve

David é um homem pacato e solitário, desde que o seu casamento de vinte anos terminou. O stand de automóveis que dirige é o seu único refúgio, onde afoga as memórias do passado e a solidão do presente. Afastado de casa e dos filhos, é obrigado a gerir sozinho as acções e as escolhas que fez ao longo da vida, onde Diana, uma amiga de infância que considera irmã, tem um papel fundamental. Diana é o seu porto de abrigo e o seu braço direito, mas foi mais do que isso durante o casamento que viu destruído. Diana é também ela divorciada e a solidão acaba por atirá-la para os braços de David, mas essa afinidade é quebrada quando uma mulher ruiva, que fala muito pouco sobre si, aparece numa manhã de Inverno para trabalhar na joalharia ao lado do stand. Laura é atraente e misteriosa e a atracção que sente por David é mútua e intensa, mas será Laura a mulher doce e simples que aparenta ser? Os dias pacatos na joalharia são alternados com noites turbulentas e perigosas e David acaba por envolver-se num mundo de segredos, mentiras e traições que podem levá-lo ao fundo do abismo.

***

Ainda não tive a oprtunidade de ler as outras obras da autora mas será para breve. Agora o que me levou a escrever este post, a minha opinião sobre o 3º livro da autora:

"Anjo do Diabo" 

( Título Provisório)


Casar com um homem quase perfeito poderia ser o sonho de muitas mulheres, mas não o de Clara. Depois de uma relação instável que marcou grande parte da sua vida, Clara acaba por sucumbir ao poder de um casamento tradicional, baseado nos princípios da fidelidade e do amor. Mas haverá amor sem paixão? Clara é tudo menos aquilo que aparenta. Por detrás da mulher e da mãe que se esforça por ser, esconde segredos e sonhos que deixou para trás e, entre eles, um homem, que tenta esquecer. O reaparecimento de Hugo ao fim de longos anos vem recordá-la de uma vida quase esquecida, da mulher que fora um dia e de um amor doentio, que por pouco não a destruiu. Regressar ao passado pode ser a atitude mais perigosa que Clara poderia tomar, mas será possível resistir à tentação? Aquele que um dia vira como um anjo da guarda, pode não ser mais do que um disfarce do Diabo. Estará Clara disposta a abandonar uma vida feliz por um pacto com o Diabo? Estará Hugo disposto a perdoar? Ou será a vingança mais forte?


A maioria de vocês já ouviu falar dos grupos de leitores beta. Apesar de eu já ter pesquisado sobre o assunto, nunca tinha tido o privilégio de ser convidada para desempenhar tal papel enquanto leitora. E fiquei muito contente quando recebi uma mensagem da autora Carina Rosa a convidar-me para o ser no seu novo livro: “ANJO DO DIABO”.
Bem, fiquei tão contente e mal esperava para o ter e iniciar a leitura. Nunca tinha lido nada da Carina, logo não podia fazer comparações em relação à escrita. Nunca peguei em nenhum livro sem ler a sinopse pelo menos, as opiniões de algumas pessoas, e aqui ia completamente às escuras. Nem a capa vi, mesmo que provisória, que também nos ajuda a tentar perceber o que esconde por dentro. Recebi o email da Carina no dia 09-07-2013, mas só o vi no dia 10-07-2013 quando cheguei ao escritório de manha, e claro, assim que o abri, para espreitar, não consegui resistir a ler a sinopse, e ao terminá-la pensei: “Vou adorar este livro!!!” Adoro enredos amorosos, paixões arrebatadoras com drama à mistura, e a sinopse deu-me tudo isso!
E então iniciei a leitura já com algumas expectativas.
Depois de terminar de ler o 1º capítulo já tinha imensas dúvidas e curiosidades na minha cabeça, e queria devorar mais páginas. Porque aconteceu isto? Porque aconteceu aquilo? Mas como? Estava a desejar continuar a leitura e descobrir os pontos da história. A cada capítulo que terminava ansiava por mais, fiquei cada vez mais presa a esta história, a cada frase, página e capitulo que lia! Depois de terminar a leitura, conclui que não encontrei uma única frase que tivesse sido escrita só para “encher” páginas, todas as frases, páginas foram indispensáveis, ao contrário de muitos livros, não encontrei fases mais chatas, de apresentação das situações, de personagens e de toda a história, a autora conseguiu transmitir tudo o que era necessário sem se tornar uma leitura “pesada”.
Em relação às personagens, umas mais evidenciadas que outras, umas mais fortes que outras. Tem de tudo um pouco para agradar a todos. Clara, esta é a minha personagem de eleição, primeiro irresponsável, louca, perdida, com segredos e indecisões, depois uma mulher madura e é capaz de nos fazer perder a cabeça por ela em poucas linhas.

O tema escolhido também nos é apresentado de uma forma diferente daquela que é costume, gostei de os primeiros acontecimentos se basearem na dura realidade de muitos jovens nos dias de hoje, devido à muita liberdade precoce que têm por parte dos país, ou pela teimosia de serem proibidos de fazerem o que querem e quando têm oportunidade fazem tudo o que lhes disseram para não fazer. Acaba por nos atrair e fazer querer saber mais sobre a sua história. Aspectos positivos, o amor de uma vida, o amor perfeito não tem que ser de olhos azuis/verdes (como vem sendo habitual), pode também ser um homem negro de olhos escuros, só por isto merece muitos pontos positivos; temas actuais, tais como os malefícios do sol na pele, mesmo que pouco explorado seja o tema que nos é apresentado numa conversa curta, acaba por chamar à atenção, a descrição dos locais juntamente com um pouco da sua história. Temas actuais, gostei!
Fiquei muitas vezes com o coração na boca a tentar prever o que se sucedia, com a pulsação acelerada enquanto lia determinadas cenas, a cada página que passava e vi que o final estava próximo, tentei ler mais devagar, não queria que terminasse, e quando os livros nos provocam essas sensações, então tem os ingredientes perfeitos para ser um sucesso!
Os cenários transportam-nos para lá, conseguimos envolver-nos com as personagens, pela maneira que as situações são descritas ao longo do livro.
Quanto ao final escolhido… as ultimas páginas foram absolutamente bombásticas. O final…adorei!

Foi uma leitura fácil e arrebatadora que me levou a ler o livro com grande satisfação, até no trabalho eu não consegui resistir a ler uma página ou outra. Não tinha vontade de tirar os olhos de cima dele e que me fez descobrir a escrita de uma autora com um grande futuro pela frente.

A autora apresenta-nos uma escrita dinâmica, dada a grandes surpresas, aguça-nos a curiosidade de uma maneira estonteante e irónica. É fértil em imaginação e provoca-nos momentos de grande envolvimento com as personagens e a história. Só por isto, já valeu a pena ler este livro.
O título está perfeito, se for alterado acho que as palavras anjo e diabo são quase obrigatórias. Espero que a versão final não se afaste muito do que li, assim como a capa, espero que retrate bem a intensidade da história.

Parabéns, e espero que este livro seja publicado o mais breve possível. Vou estar na primeira fila no dia que o apresentares para ter uma cópia em papel desta história. Existem livros que quando os terminamos, é isso mesmo, chegou ao fim, vão para a estante e por lá ficam esquecidos. Este livro será daqueles que vou ter sempre á mão para o voltar a ler sempre que me apetecer ler um livro com uma bela história, cheio de emoção. Não o digo para ser simpática, escrevi esta opinião mesmo depois de o terminar, e não a vou alterar, pois foi o que senti quando a história chegou ao fim, e assim acho que é uma opinião mesmo sincera. 



Sem comentários:

Enviar um comentário