quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Na Sombra da Noite by J.R. Ward [Opinião]


Titulo Original: Dark Lover

Edição: 2009

Páginas: 428

Editor: Casa das Letras


Seis guerreiros vampiros, amantes perigosos e irmãos de sangue vêm até si neste livro verdadeiramente poderoso.

Nas sombras da noite da cidade de Caldwell, em Nova Iorque, trava-se uma guerra territorial entre vampiros e seus caçadores. Ali existe um bando secreto de irmãos sem igual – seis guerreiros vampiros, defensores da sua raça. Mas nenhum deseja mais a morte dos seus inimigos que Wrath, o chefe da Irmandade da Adaga Negra.
Único vampiro de puro-sangue que resta no mundo, Wrath tem contas a ajustar com os matadores que lhe levaram os pais, séculos atrás. Mas quando um dos seus mais estimados combatentes é assassinado – deixando órfã uma filha meio-sangue desconhecedora da sua herança e do seu destino – Wrath tem de tratar do acolhimento da bela fêmea no mundo dos não-mortos.
Transformada por uma inquietude no seu corpo que não conhecia, Beth Randall não tem defesas contra o homem perigosamente excitante que vem visitá-la durante a noite, com os olhos encobertos. As suas histórias de irmandade e sangue assustam-na. Mas o seu toque acende uma fonte crescente que ameaça consumir ambos.


A minha estreia com a escritora, e que estreia :D

Neste livro, o primeiro volume da série Irmandade da Adaga Negra, conhecemos o vampiro Wrath, líder da Irmandade e rei da raça dos vampiros. Descobrimos que existe uma antiga guerra entre vampiros e criaturas irritantes que um dia já foram humanos. 

Wrath é o último vampiro de sangue puro e por isso é Rei por direito. Mas ele não quer nada disso. Tem no coração muito ódio, devido á morte da sua familia. Ele luta todas as noites com mais 6 irmãos para defender a civilização. São eles: Darius, Tohrment, Rhage, Vishous, Zsadist e Phury.

Quando Darius morre, deixa para trás Beth Randall, uma filha do vampiro com uma humana que está prestes a passar pela transição e que não faz ideia de quem realmente é. 

Aqui no mundo de Caldwell, os humanos não se transformam em vampiros através de uma dentada ou troca de sangue. Ou se nasce vampiro ou não! 

Por ser meio humana Beth precisa de beber um sangue forte o suficiente para a manter viva durante a transição já que esse processo é muito complicado, e é aí que entra o lindo rei todo poderoso Wrath que é o último vampiro de sangue puro da espécie e o único que a poderá ajudar.

O que dizer da autora J.R. Ward? Maravilhosa! Ela conseguiu colocar neste livro todos os elementos necessários para a criação de um inicio de uma saga que me parece perfeita. Vampiros lindos, a rapariga com personalidade forte, humor, sensualidade, acção, romance e... muito mais. 

A forma como partilha cada detalhe, ruas, pontes, músicas, lojas, edifícios, faz com que consigamos entrar no livro e acreditar que a Irmandade existe. 

Li o livro em duas noites, agora estou a desejar conseguir o próximo livro para continuar a acompanhar estes irmãos e as suas fêmeas. 





Sem comentários:

Enviar um comentário